Futuro e Sustentabilidade na TI: Conheça a Técnica de Resfriamento por Imersão Monofásico

A tecnologia da informação (TI) está se tornando cada vez mais importante para as empresas e a sociedade. À medida que a TI evolui, também aumenta a importância da sustentabilidade em relação ao uso de recursos naturais e energia.

A indústria da TI é uma das que mais consomem energia no mundo e, portanto, há uma necessidade urgente de adotar práticas sustentáveis para proteger o meio ambiente e garantir um futuro melhor para as próximas gerações.

Como adotar a sustentabilidade na TI?

Uma das formas de alcançar a sustentabilidade na TI é através do uso de fontes de energia renováveis, como a energia solar e eólica. Essas fontes podem ser utilizadas para alimentar os servidores e data centers, responsáveis pelo armazenamento e processamento de dados.

Além disso, a TI pode ajudar a promover a economia circular, utilizando tecnologias que permitam o reuso de equipamentos eletrônicos e a reciclagem de materiais. Desse modo, também existe o uso de técnicas que evitem agredir o meio ambiente, como o resfriamento por imersão monofásica, como veremos abaixo.

Virtualização de processos e uso da nuvem

Outra maneira importante de promover a sustentabilidade na TI é através da virtualização de processos e do uso de soluções de nuvem. Essas tecnologias permitem que as empresas reduzam a necessidade de comprar e manter equipamentos físicos, diminuindo o consumo de energia e os custos de manutenção.

Dessa maneira, a virtualização pode permitir que as empresas trabalhem de forma mais eficiente, reduzindo a necessidade de viagens e de consumo de recursos físicos.

Bom uso da segurança cibernética

Por fim, a segurança cibernética é uma preocupação cada vez mais importante na TI, mas a implementação de medidas relacionadas a ela pode aumentar o consumo de energia.

Portanto, é importante que as empresas busquem soluções que equilibrem a segurança e a sustentabilidade, utilizando tecnologias que minimizem o uso de energia sem comprometer a proteção.

Saiba mais sobre a técnica de resfriamento por imersão monofásico

A técnica de resfriamento por imersão monofásica é um método utilizado para resfriar componentes eletrônicos, como processadores de computador, de forma rápida e eficiente.

Nesse método, o componente é imerso em um líquido de resfriamento, e o calor gerado pelo componente é transferido para o líquido, sendo então dissipado no ambiente.

A eficiência desse método se deve à alta capacidade de transferência de calor da água. O líquido de resfriamento consegue absorver uma abundância de calor em curtos períodos, permitindo que os componentes eletrônicos sejam resfriados rapidamente.

O que é necessário para promover o resfriamento?

Para realizar o resfriamento por imersão monofásica, é necessário um sistema de imersão que permita que o componente seja submerso na água, sem que haja contato direto com ela. Isso é feito por meio de uma estrutura que envolve o componente e o separa do líquido, permitindo que o calor seja transferido por condução.

Essa técnica é especialmente útil em situações em que é necessário resfriar componentes eletrônicos de alto desempenho, como em sistemas de supercomputação, onde a dissipação de calor pode ser um desafio.

Conclusão

Em resumo, o futuro da TI depende da adoção de práticas sustentáveis. Ao promover a sustentabilidade, as empresas podem reduzir os custos operacionais, minimizar o impacto ambiental e garantir a proteção do meio ambiente para as próximas gerações.

Se está em busca de serviços de TI para sua empresa, entre em contato conosco e mande uma mensagem!